Menstruação


Fases do ciclo menstrual

      1ª Fase: período. O período ocorre porque o óvulo que se encontra numas das trompas de Falópio não foi fecundado por nenhum espermatozóide. O endómetrio, já preparado para receber o óvulo fecundado, torna-se desnecessário e solta-se. O desprendimento deste tecido, dotado de muitos vasos sanguíneos, dá origem ao fluxo menstrual.

         2ª Fase: pré-ovulação. Imediatamente após o período, as hormonas produzidas pela a hipófise (uma pequena glândula situada na base do cérebro) alertam os ovários que chegou o momento de mudar outro óvulo. Simultaneamente, as hormonas segregadas pelos ovários fazem com que o endómetrio (ou camada interna do útero) comece de novo a crescer e a prepara-se para uma possível gravidez.

         3ª Fase: Ovulação. O óvulo (já maduro) sai do ovário e vai para o útero através de uma das trompas de Falópio (a esquerda ou á direita, segundo seja o ovário esquerdo ou direito a gerar o óvulo). O óvulo tem uma vida fértil de 24 a 48 horas. A ovulação pode produzir-se a qualquer momento do ciclo (ovulações espontâneas), até mesmo durante o período.

         4ª Fase: Pós-ovulação. O óvulo chega ao útero entre sete a dez dias depois da ovulação. Se não foi fecundado por um espermatozóide, o óvulo morre e é eliminado juntamente com o fluxo menstrual. A partir desse momento começa uma nova menstruação e, com ela, a primeira fase de uma novo ciclo.

 

 

A primeira menstruação

         A primeira menstruação, chamada menarca, pode chegar a qualquer momento. É impossível saber o dia exacto em que se produzirá, mas existem alguns sinais prévios que podes observar. Em algum momento entre os 9 e os 16 anos, o teu corpo começará a mudar rapidamente. Os teus peitos começaram a crescer, assim como o pêlo na zona púbica. Também começarás a notar na tua roupa interior um fluido esbranquiçado procedente da tua vagina. É o fluxo vaginal. Aproximadamente um ano após estas mudanças, é muito provável que tenhas a tua primeira menstruação.

         Na maioria das raparigas, a primeira menstruação surge entre os 11 e os 16 anos, se a menstruação surgir antes dos 11anos ou se depois dos 16 não surgir, é aconselhável consultar um médico de forma a assegurar que tudo vai bem.

         Saberás que tens o período quando descobrires uma pequena mancha de sangue na tua roupa interior. Se isso acontecer quando estiveres na escola, não te preocupes: podes falar com o professor, uma professora ou colega que te ajude e dê uma protecção higiénica. Quando chegares a casa, fala com a tua mãe ou com alguém de confiança para resolveres as tuas dúvidas.

         Deves pensar que milhões de raparigas em todo o mundo, tem o período tal como tu. E a maioria está fora de casa quando ela surge pela primeira vez. O truque consiste em estares preparada. Podes levar na tua mochila ou carteira a protecção higiénica que te seja mais cómoda (pensos higiénicos ou tampões)

         Para alem disso, lembra-te que não há qualquer problema: ter o período é a coisa mais normal do mundo e, mais cedo ou mais tarde, vem a todas as raparigas.

         Geralmente, a menstruação é irregular durante os primeiros dois anos. É possível que, depois da primeira menstruação, a segunda só venha alguns meses depois, ou que tenha duas ou mais vezes durante o mês. Também pode ocorrer que uma menstruação dure apenas três dias, e a seguinte sete e a outra quatro... Não te preocupes, é normal. A partir do segundo ano, a menstruação regulariza-se. Tem paciência! Não obstante, em caso de dúvida é sempre recomendável consultar o medico.

         Sabes já que a quantidade do líquido menstrual é diferente de mulher para mulher, que não é igual todos os meses nem têm a mesma duração. A quantidade habitual é de 100ml e pode durar entre 3 a 7 dias. Também mudar de cor (de rosa para vermelho escuro no inicio, podendo ficar castanho no final) e de textura (algumas vezes será mais espesso que outras). Ocasionalmente, podem aparecer restos de endométrico junto á menstruação, algo semelhante a coágulos. Não te preocupes, é algo normal e acontece a todas as raparigas.

 

 

        Para dias sem menstruação:

Os pensinhos diários:

         Os pensinhos diários são um produto concebido para melhorar os cuidado da tua zona intima. A sua utilização diária, desde o momento em que vestes a tua cuequinha, permite-te sentir mais limpa e fresca durante todo o dia, uma vez que retêm a humidade e neutralizam o cheiro. Por esse motivo, são especialmente necessários quando passas mais horas fora de casa.

Os pensinhos diários são finos e cómodos. Foram especialmente desenhados para absorver o fluxo vaginal. Também, podes usa-los antes que te venha o período e durante os últimos dias.

         Os pensinhos diários aderem facilmente á tua cuequinha através de uma fita adesiva. Existem vários formatos para cada tipo de cuequinha, o que permite uma adaptação perfeita á tua roupa interior: Normal, maxi (um pouco mais comprido e largo), tanga, e podes encontra-los dobrados em discretas unidades individuais.

pensos diários

pensos diários - tanga

 

 

Os pensos:

         Os pensos são um tipo de protecção menstrual externa. São muito fáceis de usar, uma vez que aderem á cuequinha através de uma fita adesiva. Durante o dia, os pensos devem ser mudados de quatro em quatro horas, aproximadamente, dependendo do fluxo menstrual. De qualquer forma, ao tratar-se de uma protecção externa, verás que é muito fácil de saberes quando é a hora de os mudar. Existem pensos de diferentes grossuras e tamanhos. Os pensos ultra finos cobrem todas as necessidades de protecção e são os mais cómodos. Podes escolher sem abas ou com abas, sendo que esta ultima opção garante um maior suporte e protege também os bordos da tua cuequinha. Para os dias em que se tenhas um fluxo ligeiro ou moderado (primeiros e últimos dias em algumas mulheres), existem pensos de comprimento normal. Para os dias de fluxo normal ou abundante, existe os de comprimento super. Finalmente, para momentos de fluxo muito abundante, existem os pensos de comprimento máximo, que são os mais adequados para todo o tipo de menstruação durante a noite, uma vez que, em posição horizontal e passar mais tempo sem mudar o penso, um comprimento maior protege mais. Hoje em dia, alguns pensos incorporam avançadas tecnologias que permitem o uso de tecidos transpiráveis para que a tua pele respire, sem deixar de escorregar a máxima protecção. Os pensos são embalados em bolsas individuais para que possam ser transportados de forma fácil e higiénica no teu bolso, mochila ou mala. Nunca se deve deitar os pensos na retrete. Devem ser envolvidos em papel higiénico ou na sua embalagem e deitados ao lixo.

 

 

Os tampões:

         Os tampões são um método de protecção menstrual interna, uma vez que absorvem o fluxo antes de sair do corpo. Muitos tampões possuem um aplicador: um sistema que facilita a sua colocação de forma cómoda e higiénica. Uma vez dentro, os músculos da vagina, pressionam suavemente o tampão, impedindo que este caia. Os tampões devem ser mudados periodicamente (4 a 8 horas), dependendo da quantidade do fluxo, e, por esse motivo, existem também diferentes tipos de tampões. O truque consiste em utilizar cada dia o tampão mais adequado a quantidade do fluxo existente, começando sempre pelo mais pequeno. Por exemplo, se usas um tampão normal, e ao retira-lo, ainda existem fibras brancas, troca-o por um tamanho mini, mas se esta muito empapado, muda para um de tamanho super.

As primeiras vezes que tentares usar tampão pode parecer-te um pouco estranho e difícil, mas, com um pouco de pratica verás que é muito simple e natural. Uma boa ideia para te ajudar a coloca-lo pela primeira vez é utilizar um espelho de mão.

 

4 tamanhos - tampões adequados ao fluxo de sangue

 

TOPO